1-ano

Aniversário de 1 ano – Parabéns e obrigado

parabens-e-obrigado

1 ano!

Pela primeira vez me faltam palavras para falar de (ou para) você, minha filha.

E não é porque eu não sei descrever o que sinto.

É porque eu não consigo entender o que sinto.

Quando eu era criança eu falava que quando crescesse queria ser jogador de futebol e pai.

O primeiro não pude ser, faltou talento.

O segundo desejo foi esfriando, envelhecendo. Não sei se por medo ou apenas ignorância. Mas já não era mais um sonho.

No dia de halloween de 2013 eu recebi a notícia de que você estava vindo.

Eu tremi.

E temi.

Temi não conseguir. Temi não ser bom o suficiente. Temi não dar conta.

Há um ano você nasceu. Em um dos momentos mais conturbados da minha vida. O vovô estava bem doente e somente a vontade de te conhecer fez com que ele continuasse lutando.

Você nasceu em um dia muito especial. Um dia escolhido a dedo. Uma homenagem. Ou como disseram: uma substituição de anjos na minha vida. Foi em um 02 de julho que a vovó nasceu também.

O momento do seu nascimento me arrepia até hoje. Não é por acaso que choro quase toda vez que lembro dele (como agora).

As 24 horas seguintes do seu nascimento eu simplesmente flutuei. Me senti abraçado por Deus, quase que literalmente.

Nunca a presença Dele foi tão forte.

De lá para cá 1 ano passou.

Foram 365 dias de uma nova vida.

Foram 8.760 horas de alegria.

Foram 525.600 minutos de aprendizado.

Foram 31.536.000 segundos que eu só pensei em você. Que eu vivo você. Que eu sinto você.

E como é bom. Como é bom ver seu sorriso. Ouvir sua risada.

Como é bom quando você pede colo.

Como é bom te ver andando.

Mas o melhor de tudo é dormir com você. Quando você dorme em cima da minha barriga eu desejo que o momento não passe, que tudo se acabe e que só sobre nós dois.

Minha filha. Minha “quiança”. Minha pitiquinha. Minha criatura pequena. Meu trambolhinho.

Ainda não consigo entender que sentimento é esse.

Mas, se um dia eu deixei de sonhar em ser pai, você me mostrou que os sonhos realmente não envelhecem.

E se ser pai é bom, ser seu pai é muito melhor.

O aniversário é seu, mas o presente é meu.

Parabéns, minha filha!

E obrigado.

Muito obrigado, minha filha!

6 comentários em “Aniversário de 1 ano – Parabéns e obrigado

  1. Você como sempre me emocionando e a todos que te seguem. Vc pode ter certeza que a Isa tem o melhor pai que poderia ter e quando ela entender tudo o que vc escreve se orgulhará muito de vc.
    Mas agora é minha vez de falar, em meu nome e em nome dela. Muito obrigada por ser tão presente e tão dedicado à nós. Vc é nosso herói, nosso porto seguro, nosso protetor. Vc é o dono do melhor e mais forte abraço do mundo. Do beijo mais calmante e carinhoso. Vc é o inventor das músicas, histórias e brincadeiras mais engraçadas. vc é tudo na nossa vida.
    Obrigada, obrigada e obrigada.
    Amamos muito vc. Nosso papai e companheiro!!!

  2. Adorei, Viny! Me lembrei das minhas quianças! Do lado delas a gente quer mais é que o mundo todo se acabe….uma paz infinita!

  3. Só posso dizer-VOS que estou verdadeiramente emocionada …comovida até!
    Que nada na vida, por muito longa que seja, perturbe a VOSSA FELICIDADE.
    Beijinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *